• Equipe Amplus

Covid-19: Perguntas e respostas sobre o novo coronavírus



Com a chegada da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em nosso país, diversas notícias, informações e, principalmente, dúvidas, vêm à tona. Para sanar essas dúvidas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) elaborou uma lista com perguntas e respostas sobre as formas de contaminação, sintomas e tratamentos em relação ao coronavírus. No blog de hoje, reunimos as principais dúvidas da população, as respostas da OMS e iremos esclarecer o assunto a seguir. Acompanhe!

1 - O que é Covid-19?

Covid-19 é uma doença infecciosa causada pelo novo coronavírus, descoberto no final do ano passado. Os coronavírus são uma vasta família de vírus que pode afetar tanto pessoas quanto animais. Quando afetam pessoas, provocam infecções respiratórias, desde gripes comuns até doenças mais severas, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS).

2 - Quais são os sintomas de Covid-19?

Os sintomas mais comuns são febre, cansaço e tosse seca. Mas algumas pessoas podem ter sintomas iguais aos da gripe sazonal, como dores corporais, congestão nasal, garganta inflamada e diarreia. Além disso, algumas pessoas infectadas não desenvolvem sintomas e cerca de 80% delas se recuperam da doença sem precisar de tratamento especial. No entanto, o quadro é mais grave em pacientes com sistema imunológico comprometido ou em idosos. Se você tem febre, tosse e dificuldade ao respirar, procure ajuda médica!


3 - Como esse novo coronavírus é transmitido?

A doença é transmitida de pessoa para pessoa através de pequenas gotículas transmitidas por tosse ou espirro. Essa contaminação pode acontecer, ainda, pelo contato direto com pessoas que apresentem sintomas da doença ou pelo contato com superfícies infectadas. Por isso, é preciso muito cuidado com a higiene das mãos, lavando-as continuamente com água e sabão. Também é importante não levar as mãos aos olhos, nariz e boca sem lavá-las antes.


4 - Quais os grupos de risco da doença?

Os principais grupos de risco contemplas pessoas com condições médicas pré-existentes, como hipertensão, diabetes, doenças respiratórias e renais. O mesmo risco vale para pessoas de idade avançada, e o cuidado deve ser redobrado nesses casos. Para conhecer as medidas protetivas a serem tomadas pelos grupos de riscos, leia o nosso blog: COVID-19: Conheça os grupos mais vulneráveis ao coronavírus e as ações de prevenção.


5 - Há um remédio, tratamento ou vacina indicado contra o novo coronavírus?

Ainda que alguns remédios e alimentos naturais possam aliviar os sintomas da doença, ainda não há indícios de medicamentos para prevenir ou curar a Covid-19. A OMS não recomenda a automedicação e o ideal é evitar antibióticos ao apresentar sintomas da doença. O indicado, nesse caso, é procurar ajuda médica. Ademais, ainda não há nenhuma vacina específica para prevenir o novo coronavírus. Contudo, é essencial a prevenção com a vacinação contra a gripe já existente no mercado, para imunizar e proteger a população de qualquer risco.


6 - Qual o período de incubação do vírus?

O período de incubação é o tempo que o vírus leva para manifestar os primeiros sintomas no organismo, podendo levar de cinco a 14 dias, variando de pessoa para pessoa.


7 - Os profissionais da saúde correm risco de contrair o vírus?

Sim. Os profissionais da área da saúde entram em contato constante com os pacientes. Por isso, é fundamental a utilização de materiais e equipamento de segurança e a adequação das medidas de prevenção e controle de infecções.


8 - O que é um caso suspeito do Coronavírus (COVID-2019)?

Conforme o Ministério da Saúde, atualmente os critérios para definir um caso suspeito são: - sinais de febre e pelo menos um sintoma respiratório (tosse ou dificuldade para respirar); - histórico de viagem para áreas com transmissão local nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sintomas; - histórico de contato próximo a pessoas com suspensa ou sinais da doença nos últimos 14 dias que antecedem os sintomas.


9 - Devo usar uma máscara para me proteger?

O uso de máscaras é recomendado apenas para profissionais da área da saúde ou para pacientes com sintomas de Covid-19, especialmente tosse. Se você precisa ter contato com alguém que possa estar infectado, o uso de máscaras descartáveis também é indicado - mas lembre-se de que elas só podem ser usadas uma única vez.


10 - O que eu posso fazer para me proteger?

A forma mais eficaz de proteger a si mesmo e aos outros continua sendo a higienização correta das mãos e o isolamento social. Outras recomendações para reduzir o risco da transmissão são cobrir o rosto com o antebraço ao tossir ou espirrar, manter uma distância de pelo menos um metro de quem esteja doente e evitar aglomerações. A Amplus Saúde elaborou uma cartilha com medidas preventivas de higiene e saúde para o ambiente de trabalho. Para conferir o conteúdo, clique no link: https://bit.ly/2Uyas3U

8 visualizações

©  2016 Amplus Saúde . Todos os direitos reservados . Criado por yoh Ideias

  • White Facebook Icon