• Equipe Amplus

A Gestão de Riscos na Saúde e Segurança do Trabalho



Os riscos à saúde e segurança ocupacional são algumas das maiores preocupações das empresas. E não é à toa, tendo em vista que dados apontam que, a cada 59 segundos, um trabalhador sofre um acidente de trabalho no país.


Diante dessa preocupação, o que muitos gestores não sabem é que existe uma solução para minimizar esses perigos: a Gestão de Riscos de Segurança do Trabalho.


Essa gestão traz inúmeras vantagens, que vão desde a redução dos riscos das atividades até o desenvolvimento sustentável da empresa. Por isso, é muito importante que ela seja implementada no seu negócio.


Quer entender o que é a Gestão de Riscos? Então siga a leitura e entenda mais sobre o assunto.


O que é a Gestão de Riscos na Saúde e Segurança do Trabalho?


A gestão de riscos pode ser definida como um processo no qual são elaboradas e implementadas medidas e procedimentos para prevenir, reduzir e controlar os riscos ocupacionais. Ela contribui também para manter a empresa e os colaboradores operando dentro dos altos padrões de segurança. De acordo com os requisitos da norma OHSAS 18001, focada na Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional, toda empresa deve fazer uma listagem de todas as ações ou itens da empresa que possam causar riscos ao trabalhador.


No ambiente de trabalho, alguns tipos de riscos relacionados à saúde e segurança do trabalho são:


  • de acidente de trabalho ou ambiental;

  • de doenças ocupacionais;

  • de afastamento de funcionário;

  • de morte por acidente ou doença ocupacional;

  • entre outros.


Acima, listamos apenas os riscos relacionados aos colaboradores. No entanto, além dos danos humanos, também existem os danos patrimoniais, financeiros, de imagem, dentre outros.


Quando se trata de danos financeiros, a empresa precisa ter muita atenção, pois os gastos com benefícios acidentários são grandes.


A boa notícia é que, com a Gestão de Riscos, uma série de vantagens é identificada na sua empresa. As principais são: a prevenção de perdas, o aumento da eficiência e da margem de lucro, a otimização dos processos e o cumprimento da lei.


Mas então, como fazer uma boa Gestão de Riscos?


Uma análise de risco bem elaborada consiste em 4 etapas:


1 - Identificação e avaliação dos riscos


Essa etapa ocorre com um estudo minucioso do negócio, identificando as vulnerabilidades e perigos para os colaboradores. Aqui, existem algumas perguntas que podem ser respondidas para ajudar na avaliação. São elas:


  • Quais os riscos presentes no ambiente de trabalho?

  • Qual a probabilidade de ocorrência de acidentes devido a estes riscos?

  • Quais os efeitos e as consequências destes acidentes?

  • Como estes riscos poderiam ser eliminados ou reduzidos?


2 - Treinamento e conscientização


Após analisar os riscos e entender como minimizá-los, você precisa engajar sua equipe para contribuir na ação. Afinal, de nada adianta fornecer os melhores equipamentos e medidas de proteção se eles não sabem como utilizá-los. Treine, conscientize e informe seus funcionários.


3 - Análise das ocorrências


Verifique os acidentes ou incidentes passados para verificar as causas. Esse é um ponto muito importante, pois você encontra a raiz do problema e implementa algumas técnicas para evitar que ele se repita.


4 - Alteração dos processos e monitoramento


Causas identificadas, riscos mapeados e profissionais treinados? Agora é hora de alterar os processos internos para que a nova maneira de trabalhar traga ainda menos riscos. E, após realizar as alterações nos processos, faça o monitoramento para averiguar se está alcançando os resultados desejados.


SUCESSO NA GESTÃO


E aí, entendeu a importância e as vantagens da gestão de riscos? Com ela, é possível fomentar hábitos seguros na sua empresa.


Faça como as grandes empresas e utilize da gestão de riscos de segurança do trabalho para proteger os funcionários, os ativos e os patrimônios do seu negócio.


Se você gostou desse conteúdo, também pode se interessar por: Acidentes de trabalho - conheça as principais causas e saiba como evitá-las.



Fontes: Safe SST e Sesi


5 visualizações0 comentário

©  2016 Amplus Saúde . Todos os direitos reservados . Criado por yoh Ideias

  • White Facebook Icon