• Equipe Amplus

O que é CIPA? Entenda sua importância para o ambiente de trabalho



Para trabalhar na prevenção de acidentes e doenças ocupacionais, as empresas adotam uma série de programas e estratégias. Entre elas, está a criação da CIPA, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.

Você possui uma CIPA na sua organização? Sabe do que se trata essa comissão? Continue a leitura e entenda a importância dela para o ambiente de trabalho.

O que é CIPA?

CIPA é a sigla para Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Como o próprio nome já sugere, sua principal tarefa é fiscalizar as condições laborais e zelar pela vida e saúde dos colaboradores, evitando assim acidentes de trabalho.

Essa comissão é constituída pelos próprios colaboradores da empresa, que são eleitos para esse comitê por meio de votos secretos. Por ser formada pelos próprios profissionais, toda empresa que possui mais de 20 funcionários contratados é obrigada a ter uma CIPA.

Todo ano, os membros da CIPA são eleitos por votação. Os colaboradores escolhidos para esse órgão devem fiscalizar a segurança de seus colegas e atuar na conscientização dos mesmos, com o objetivo de reduzir os riscos de acidentes e doenças ocupacionais.

Qual é a importância da CIPA?

A CIPA é tão importante para as empresas que está inclusive exigida na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e é regulamentada pela Norma Regulamentadora 5 (NR 5).

Nesta norma, estão descritas todas as obrigações e atribuições da comissão, como as atividades que ela deve realizar, os documentos que deve possuir e como é feito o processo eleitoral todos os anos.

Todas as exigências da NR 5 visam assegurar que o local de trabalho esteja sempre seguro. A vantagem é que, como os membros da CIPA estão diretamente dentro da empresa, atuando ao lado de seus colegas, eles têm mais chances de identificar potenciais riscos e assim agir com eficiência para controlá-los ou eliminá-los.

Além disso, o membro da CIPA é diferente de um gestor ou supervisor, pois não possui nenhuma vantagem hierárquica. A única diferença do cipeiro para os demais colaboradores é que ele precisa ser mais proativo que os outros, planejando ações para elevar a segurança e neutralizar os perigos no ambiente ocupacional.

Entre as principais responsabilidades da CIPA, podemos citar a identificação dos riscos no ambiente de trabalho, a elaboração dos mapas de riscos, o planejamento de ações preventivas e corretivas, a avaliação do cumprimento das medidas de segurança e a promoção da SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho) em parceria com o SESMT.

Com as medidas de segurança implementadas e fiscalizadas pela CIPA, a sua empresa passa a ter uma série de ganhos. Abaixo, veja os principais benefícios de constituir essa comissão:

  • Melhoria das condições de trabalho;

  • Aumento da produtividade e da motivação dos colaboradores;

  • Mais engajamento nas ações de saúde e segurança do negócio;

  • Mais conscientização e respeito pela cultura de segurança da empresa;

  • Cumprimento das normas e regulamentos exigidos pelo Ministério do Trabalho;

  • Menos risco de sofrer com multas e passivos trabalhistas.

Treinamento de CIPA - NR 05

Todos os membros da CIPA devem realizar um treinamento regulamentado pela NR 05.

Por meio dessa capacitação, eles compreenderão todos os requisitos legais da comissão, entenderão como fazer análises dos ambientes, como elaborar mapas de riscos e como prezar pela segurança e saúde de todos os funcionários. Além disso, terão um conhecimento mais aprofundado das legislações trabalhista e previdenciária relacionadas à segurança e saúde ocupacional.

O curso pode ser realizado na sua própria empresa ou então em um local próprio para treinamentos de capacitação em NRs, como na Amplus Saúde.

Agende o treinamento dos seus cipeiros com a gente. Entre em contato e conheça nossos pacotes personalizados para a sua empresa.

Para mais informações sobre saúde e segurança no trabalho, acompanhe o nosso blog.


16 visualizações0 comentário