top of page
  • Equipe Amplus

Treinamentos de segurança: tudo o que o RH deve saber sobre o assunto



Os treinamentos de segurança são obrigatórios a todas as empresas que submetem seus colaboradores a atividades de risco. Esses treinamentos são regulamentados pelas Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego, e devem ser oferecidos a todos os profissionais.

Para manter esses treinamentos em dia, é preciso inserir ações de segurança do trabalho na rotina do profissional de RH.

Sim, é isso mesmo. O profissional de Recursos Humanos tem um papel fundamental na segurança dos colaboradores! Afinal, é o setor de RH que se responsabiliza não só pela contratação, como também pela saúde e bem-estar de cada trabalhador.

Se você é um profissional de RH, não pode deixar de acompanhar este artigo. Siga a leitura e saiba tudo sobre os treinamentos de segurança no trabalho.

Primeiramente, qual é a importância da segurança no trabalho?

A segurança no ambiente de trabalho se baseia em um conjunto de procedimentos que visam proteger a saúde e a integridade física dos trabalhadores, prevenindo doenças e reduzindo os riscos de acidentes de trabalho.

Essas ações de segurança no trabalho são determinadas e regulamentadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Então, caso a sua empresa não cumpra as normas de segurança, tem a possibilidade de sofrer multas e passivos trabalhistas.

O que são os treinamentos de segurança?

Como dito acima, as empresas devem implementar uma série de ações de segurança no trabalho, a fim de reduzir ou eliminar o número de acidentes e de doenças relacionadas ao trabalho.

Entre essas ações, estão os treinamentos de segurança no trabalho.

Todos os treinamentos obrigatórios são determinados pelas Normas Regulamentadoras (NRs) do Ministério do Trabalho e Emprego. Eles são exigidos por lei para a execução de certas atividades de risco, como trabalhos em altura, em locais confinados, em serviços de eletricidade, entre outras situações.

No geral, os treinamentos de segurança visam orientar os colaboradores para que eles executem suas atividades de maneira segura, evitando acidentes e complicações. Para isso, são repassadas informações relacionadas aos equipamentos de proteção que devem ser utilizados, as medidas de segurança em cada local de trabalho, as leis de segurança, as características de cada atividade, etc. Tudo para reduzir qualquer tipo de risco nas atividades.

Normalmente, os treinamentos são divididos em duas etapas: a teórica e a prática. Mas as informações de segurança também podem ser reforçadas por meio de workshops, palestras, dinâmicas em grupo e outras modalidades.

Cabe ao profissional de RH, ao lado do SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) e da CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), definir as atividades a serem promovidas além do treinamento.

Quais são os treinamentos obrigatórios pelas NRs?

Os treinamentos obrigatórios são divididos entre gerais e específicos. Os gerais devem ser aplicados por todas as empresas, sejam elas privadas ou públicas. Já os específicos são aplicados de acordo com a atividade exercida pelo negócio.

Abaixo, veja a lista de treinamentos obrigatórios pelas Normas Regulamentadoras:

NR 5 – Treinamento em CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes);

NR 6 – Treinamento para o uso de Equipamentos Individuais de Segurança (EPI);

NR 10 – Treinamento para Segurança em Instalações e Serviços Elétricos;

NR 11 – Treinamento para Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais;

NR 12 – Treinamento de Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos;

NR 13 – Treinamento para Caldeira, Vasos de Pressão e Tubulação;

NR 18 – Treinamento para Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção;

NR 20 – Treinamento para Segurança e Saúde no Trabalho com Inflamáveis e Combustíveis;

NR 23 – Treinamento para Proteção Contra Incêndios;

NR 33 – Treinamento para Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados;

NR 35 – Treinamento para Trabalho em Altura;

NR 36 – Treinamento para Segurança e Saúde no Trabalho em Empresas de Abate e Processamento de Carnes e Derivados.



Além da capacitação dos colaboradores, também é necessário que o RH fique atento à validade dos treinamentos. Na maioria das vezes, o certificado precisa ser renovado anualmente.

Como capacitar a minha equipe?

A melhor maneira de oferecer as capacitações em segurança do trabalho para a sua equipe é procurar uma empresa especializada em SST (Segurança e Saúde no Trabalho).

Essa empresa precisa conhecer todas as normas regulamentadoras e possuir profissionais capacitados para fornecer os treinamentos. Para encontrar esse tipo de empresa, faça pesquisas no Google, consulte outros gestores de RH e confira as avaliações.

A Amplus Saúde oferece todos os cursos e treinamentos que a sua empresa precisa, inclusive na modalidade de capacitação online. Mas, além disso, também realizamos os treinamentos obrigatórios presenciais, encaminhando nossos instrutores até a sua empresa.

Para conhecer os nossos diferenciais e agendar o treinamento da sua equipe, fale com os nossos especialistas pelo link: FALE CONOSCO.

Gostou do conteúdo? Então nos acompanhe também no Instagram, Facebook e LinkedIn.


20 visualizações0 comentário
bottom of page